Voltar a todos os posts

Como se adaptar a um modelo digital?

Como a sua empresa está se adaptando à transformação digital? A migração para o on-line traz uma série de desafios para os negócios, além de medos e ansiedade para atender as expectativas do mercado e do novo consumidor.

Se você tem receio de não conseguir se adaptar à realidade digital, não se preocupe. No post de hoje, vamos trazer algumas dicas para implementar mudanças na cultura da sua empresa e migrar para o digital com consistência e resultados. Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue lendo!

O que é transformação digital?

Basicamente, a transformação digital é o processo de digitalização de soluções para resolver problemas rotineiros das pessoas e dos negócios, mudando a forma como empresas e consumidores se relacionam. Ela integra a tecnologia em diferentes áreas da vida cotidiana e empresarial, como saúde, trabalho, estudos, alimentação, desenvolvimento de produtos, controle de processos e produtividade.

Do ponto de vista micro, a transformação digital em uma empresa corresponde à mudança da cultura organizacional, mais focada na agilidade de processo, o aumento de valor entregue para o cliente e a otimização da produtividade.

Veja alguns dados interessantes sobre a transformação digital e que mostram o papel fundamental que ela tem para as relações de consumo:

● 80% das empresas com maior maturidade digital atendem as expectativas e necessidades do cliente na jornada de compra em comparação a 13% dos negócios menos maduros digitalmente (fonte: Mckinsey);

● 90% das primeiras contam com responsabilidades claras que facilitam a execução de um plano estratégico digital em comparação a 10% das segundas (fonte: ,Mckinsey);

● 60% das empresas maduras digitalmente têm mais estímulos para a experimentação e para correr riscos em comparação a 2% das menos maduras (fonte: ,Mckinsey).

A transformação digital permitiu acelerar o processo de inovação, fortalecer a colaboração entre os times e entregar mais valor nas soluções com menos trabalho. Quer saber sobre outros benefícios e impactos da transformação digital? Confira o próximo tópico!

Impactos da transformação digital

A transformação digital mudou as relações de consumo e os ,modos de trabalho no mundo. Ela trouxe agilidade e eficiência para processos que antes eram burocráticos e demorados.

Além disso, inovações como o Big Data permitiram colher um grande volume de dados sobre os consumidores, permitindo às empresas personalizarem suas soluções de acordo com as dores e desejos dos clientes.

Da mesma forma, mudanças em relação à segurança de informações também acompanham os progressos do digital para garantir a proteção de empresas e consumidores.

Agora, pensando na cultura organizacional dos negócios, como a transformação digital impactou as relações de trabalho? Veja a seguir!

Adaptação a uma nova cultura de trabalho

A transformação digital está promovendo uma verdadeira mudança nos modelos de trabalho, trazendo mais agilidade para os processos, maior produtividade para as equipes, soluções mais eficientes para os consumidores e experiências mais satisfatórias para eles.

Empresas tradicionais sofrem com:

● equipes ociosas e sobrecarregadas;

● replanejamento das atividades que tomam tempo e consomem a produtividade do time;

● múltiplos processos;

● informações dispersas;

● burocracia e alto volume de documentação.

Já empresas que operam em um modelo digital são eficientes em:

● autogestão;

● planejamento;

● autoconhecimento;

● alta performance;

automação de processos;

● emissão de relatórios personalizados com informações precisas.

Mas quais são os principais desafios e receios das empresas que estão mudando para uma cultura digital? É o que veremos a seguir!

Desafios e receios na transformação digital

Mudar a cultura da empresa e implementar o digital traz diversos benefícios para os negócios, mas também uma série de desafios e receios. Confira alguns deles e veja se você se identifica!

1. Experimentar o novo

Você tem algum medo de experimentar o novo na sua empresa? A novidade pode trazer alguns receios por conta do desconhecido. Mas em um ambiente de transformação digital, é preciso fazer testes rápidos para validar as soluções propostas.

Nesse cenário, é preciso calcular riscos para apostar no novo e evitar grandes perdas. Com isso, você consegue experimentar o novo no seu negócio, se beneficiando do que as inovações têm de melhor. Ao mesmo tempo, não compromete muito o seu caixa ou sua credibilidade no mercado.

2. Medo de errar

O medo de errar é outro receio constante em empresas que estão migrando para o digital. Afinal, como garantir bons resultados em uma realidade completamente nova? O importante é entender que o medo é algo normal, mas não pode paralisar. Como dissemos, calcular os riscos ajuda a aplacar os receios.

Assim, busque estratégias e planos de ação para trazer mais segurança para suas decisões. Uma ideia é olhar para empresas já consolidadas no mercado digital e tirar alguns aprendizados da trajetória que tiveram. Busque modelos dentro e fora do seu segmento para expandir os horizontes e as possibilidades.

3. Entender e avaliar os hábitos dos consumidores

Se você pretende fazer uma mudança radical de cultura e se adaptar às inovações do mercado, não pode abandonar os seus consumidores nesse processo. Aliás, as adaptações na cultura da empresa devem ser feitas, inclusive, olhando para os seus clientes. As empresas estão cada vez mais centradas nos consumidores e conquistam ótimos resultados exatamente por carregarem essa cultura.

Assim, busque refinar o seu entendimento sobre o público-alvo do seu negócio. Com a transformação digital, os negócios puderam ver um crescimento acelerado de sistemas de gestão que permitem realizar um acompanhamento preciso dos hábitos dos clientes.

Os softwares automatizam tarefas, integram outros sistemas e concentram os dados mais importantes para o seu negócio. Isso permite fortalecer o laço com os consumidores e ter acesso a informações precisas sobre sua jornada de compra, seus hábitos e preferências de consumo.

Então, no processo de migração para o digital, utilize esse tipo de informação para validar produtos e criar experiências personalizadas para os seus clientes.

4. Propor algo novo

Quer ser a inovação? Então, faça sugestões de novas estratégias e soluções para abrir outros caminhos e mais oportunidades. Para criar uma cultura única e inovadora é preciso ir além, expandir seu olhar e não se paralisar por conta do medo de correr riscos.

Nesse sentido, é fundamental contar com uma equipe qualificada, profissionais realmente comprometidos com a inovação e sistemas tecnológicos eficientes para suportar os processos da empresa.

Para adaptar a cultura da sua empresa à transformação digital, que tal contar com uma plataforma de jornada digital e comportamental? Então conheça o ,Work Player para digitalizar sua empresa e ter um time de alta performance!

Posts recentes

Ver tudo